halftone-image-generatorvf.png
 

Convencer que O Boticário poderia ampliar seu público e, portanto, aumentar as vendas quando a marca já era líder de mercado não foi uma tarefa fácil para uma planejadora recém-chegada na conta.

Mas, frente ao boom no consumo de produtos masculinos, não dava para O Boticário ser apenas a marca de perfumes dos homens, quando ela poderia se transformar numa marca de cuidados pessoais masculinos.

Como falar de beleza com os homens?

Como legitimar o lado masculino de O Boticário?

Como meu trabalho de planejadora convenceria agência e cliente desse potencial?

São perguntas que me incentivaram a realizar uma imersão no universo da vaidade masculina. Imersão esta que começou em 2013 e que, três anos mais tarde, mudou a forma do cliente, da agência e, especialmente, como eu encaro o potencial do trabalho de um planejador.   

Após a campanha, a saúde da marca confirmou a aproximação dos homens com O Boticário, que inclusive passaram a interagir mais com a marca por meio do universo digital.

A linha MEN quadruplicou a sua representatividade nos negócios, passando da 24ª posição para a 5ª marca mais vendida.

Missão cumprida: O Boticário incluiu em seu calendário campanhas para se comunicar exclusivamente com o público masculino.

 

 

 
 
Crédito da imagem: https://goo.gl/DYmvBN